Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Bandido ameaça tirar coração de Capitão da PM do Piauí
08/11/2019 15:37 em Brasil

Em contrapartida, o policial militar declarou que essas intimidações não afetaram a vida dele, e o objetivo é até trabalhar mais ainda, para combater a criminalidade no Estado.

O Capitão Tanaka, da Polícia Militar do Piauí, que combate à poluição sonora em Teresina, além de outros crimes comuns, está recebendo ameaças contra vida dele, através das redes sociais. Nesta quarta-feira (5), ele declarou que essa intimidações não afetou a vida dele, e o objetivo é até trabalhar mais ainda, para combater a criminalidade.

“Esse Capitão Tanaka ‘tá’ doido é para morrer. ‘Pepinar’ ele todinho de faca, tirar o coração dele. Agora ele ‘tá’ querendo botar lei. Eu não concordo com esse vagabundo não. O bicho até doido é, não é nem para ‘tá’ na Polícia. Chegar um doido ai e botar um 765 na cabeça dele, já era”, ameaça um dos bandidos em áudio divulgado nas redes sociais.

 

Em contrapartida, o Capitão Tanaka respondeu: “há 6 anos que eu venho fazendo esse trabalho contra a poluição sonora  em Teresina, como na zona rural também, então isso tem desagradado a muita gente que quer porque quer fazer coisa errada, fazer coisa que a sociedade em si não aceita mais, por isso que vem surgindo essas ameaças. Essa não é a primeira, mas eu considero a mais grave. Só que está sendo investigado pela Polícia e já sabemos mais ou menos quem é, de onde é, e será tomado os procedimentos cabíveis sobre isso”.

“Eu vejo o objetivo do meu trabalho e vou até ele, não interessa quem tiver pelo meio. Sobre essas pessoas que não querem, que são contra, vão ter que me suportar porque eu vou continuar trabalhando, como antes ou até mais, e todos os dias estarei nas ruas, combatendo não só a poluição sonora, mas a criminalidade de modo geral. Essas ameaças não me intimidam nenhum pouco, nem um milímetro. Não vou dar nenhum passo para trás. Vai continuar, talvez melhorar, talvez até aumentar o trabalho”, finalizou o Capitão Tanaka.

 

Fonte: Portal do Nordeste

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!